Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social Dia das Mães

Por ASCOM / Em 13/05/2019

           


A Prefeitura de Santo Antônio de Pádua, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, realizou na tarde da última sexta-feira (10), no Teatro Geraldo Tavares André, uma festa para comemorar o Dia das Mães. O evento foi voltado para as mães ligadas aos CRAS, CREAS, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Centro de Convivência do Idoso entre outros.

Durante a programação, as mães foram homenageadas com apresentações culturais, músicas e um jantar. Para a secretária de Desenvolvimento e Assistência Social e primeira-dama, Maria Tertuliana de Souza Oliveira, o momento foi de confraternização para as mães que utilizam os serviços da Assistência Social. “Para nós é um grande prazer homenagear essas mulheres guerreiras, que frequentam os nossos projetos sociais”, disse a Secretária.

Maria Tertuliana destacou ainda a importância dos trabalhos realizados pela Secretaria e o papel que eles exercem na vida de cada mãe e de cada família atendida. “Nós, mães, trabalhamos todos os dias cuidando dos nossos filhos, da casa, e também do trabalho. Por isso, essa homenagem é mais do que justa, porque todos os dias é dia das mães, e esse momento é mais que merecido pelo nosso esforço diário”, finalizou a secretária.

Quem também prestigiou o evento foi o Prefeito Josias Quintal de Oliveira, que em seu discurso de abertura destacou o papel da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social na atual gestão, enaltecendo a capacidade da primeira dama a frente da pasta, e também dos servidores, que compraram a ideia de promover uma assistência social diferente das convencionais, voltada para amizade, para o vínculo e principalmente no carinho com os vários atendidos pela Secretaria diariamente.

Finalizando o evento, foi servido um maravilhoso jantar, acompanhado de bolo, tudo feito pelas mãos da brilhante e eficiente equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social e dos alunos do curso de qualificação de confeitaria.

Texto – Mauro Teixeira / Foto: Gláucia Melo