I Encontro de Merendeiras e Serventes de 2013

Por / Em 18/02/2013

           


 

 

O Prof. Wellington deu início ao I Encontro de Merendeiras e Serventes cumprimentando todos os funcionários de apoio da rede pública municipal, em seguida fez a apresentação do palestrante, Prof. Universitário e Coordenador do Curso de Administração da FASAP, Wilson Magalhães, que abriu o evento.

O Tema da Palestra realizada foi “Gestão do Relacionamento Interpessoal, dos Conflitos e da Mudança” e teve como objetivo principal incentivar e, ao mesmo tempo, aumentar a autoestima dos funcionários, mostrando que para conseguirmos algo basta querermos.

Afirmou que o sucesso é o somatório de pequenas atitudes e que para sermos bem sucedidos basta que façamos o melhor e, ainda, que toda função tem valor, do vigia à merendeira, pois são dignas e de grande importância, não só para a escola ou instituição em que trabalham, mas também para toda uma sociedade.


 

Em seguida foi anunciada a mesa de autoridades, formada pela  professora Ana Lúcia (representando os diretores), a nutricionista Isabela Magalhães, a funcionária Ângela Abreu (representando as merendeiras e serventes), o professor Wellington Gouvêa, do Departamento de Nutrição Escolar, o palestrante Wilson Magalhães, o Secretário Municipal de Educação e Cultura Prof. José Cláudio Cordeiro de Oliveira e pelo Prefeito Josias Quintal de Oliveira.

O Secretário Municipal de Educação e Cultura, José Cláudio, disse ficar muito satisfeito em comparecer novamente ao CIEP 266, desta vez conversando com as Serventes e Merendeiras.  Afirmou ter a concepção de que a educação escolar inicia-se desde que o aluno está a caminho da escola e que envolve todos aqueles que trabalham nela, direta ou indiretamente; que não existe diferença entre professores e servidores, porque apesar de cumprirem diferentes funções, todos estão ali cumprindo um objetivo maior, que é o de educar.

           Enfatizou que os profissionais de apoio devem se valorizar, olhando tanto o professor quanto os alunos, igualmente, olho no olho, pois ninguém é maior que ninguém e que o objetivo da Prefeitura e o da Secretaria é valorizar cada funcionário.

Pediu para que todos confiem na atual gestão, que tenham em mente a consciência de que as lutas diárias de um administrador municipal são grandes, principalmente, quando este administrador recebe uma prefeitura com inúmeros problemas, imediatos e sérios, a serem resolvidos.

Desejou boas-vindas a todos e afirmou que toda equipe deve estar atuando no sentido de cooperação, pois  nada se faz sem o apoio de todos os funcionários da Educação.

Logo adiante, o Prefeito Josias Quintal cumprimentou a todos, falando sobre sua satisfação de haver dedicado, praticamente, toda a sua agenda aos profissionais da Educação, visto que pela manhã  já havia participado do I Encontro de Professores e Gestores de 2013.

Fez uma breve apresentação do Secretário Municipal de Educação e Cultura, destacando pontos fortes como preparação técnica, sensibilidade, não só com a questão social, mas  também para com as diferenças. Destacou sua postura humana e, ao mesmo tempo, independente, afirmando ter a certeza de este fará o melhor pela  educação.

Em seguida, o Prefeito disse estar ciente dos problemas da classe, citou o salário, a salubridade e mencionou que, a cada momento, é cobrado sobre essas e outras questões. Lembrou que tudo isso é necessário e muito importante, mas que  depende do momento e das condições, pois assumiu uma prefeitura literalmente falida e que a mesma deve, hoje, cerca de 20 milhões de reais. Explicou todos os problemas que envolvem tal situação impedindo-o de melhorar os salários  que, reconhece, são muito ruins, mas que na atual situação a prioridade é  colocar a casa em ordem.           Assim, poderá rever salários, direitos e condições, no entanto enquanto isso não acontece, conta com a colaboração de todos os profissionais para que juntos  possam trabalhar em prol de uma educação melhor.  Interagiu com os servidores respondendo a todas as perguntas que lhe foram feitas, num clima de descontração e entrosamento.

 Adiante, a Banda Sinfônica Municipal, conduzida pelo Maestro Carlos Alberto Jobim (Beto Jobim), apresentou três canções e, para finalizar, o ator Kaká Muniz viveu a merendeira Maria das Graças, num monólogo muito interessante e envolvente que teve como temas centrais: o recomeço, a confiança e a autoestima, além das soluções para os dilemas vividos pela personagem.

 


 

Assim, deu-se por encerrado o I Encontro de Merendeiras e Serventes 2013.