Município de Santo Antônio de Pádua é selecionado para programa Internet para todos

Por ASCOM / Em 15/03/2018

           


Devido à cheia do Rio Pomba o Prefeito Josias Quintal não pôde comparecer ao lançamento do programa Internet para Todos em Brasília na última segunda-feira (12).

Santo Antônio de Pádua foi um dos poucos municípios do Estado do Rio de Janeiro a ser aprovado no programa, que é uma parceria do Governo Federal, através do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTIC) com os municípios, possibilitando a implantação de internet banda larga nas áreas urbanas e rurais.

O evento contou com a presença do Presidente Michel Temer, do Ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, além de autoridades do Estado, Prefeito e Gerentes de Convênios. 

Satisfeito com a aprovação do município para o Programa, o Prefeito ressaltou a importância do programa para o desenvolvimento social e para o acesso do munícipe à alta tecnologia e a uma  internet de qualidade.

Vale ressaltar que Santo Antônio de Pádua também foi aprovado no programa Cidades Digitais, também do Governo Federal, que interliga os órgãos municipais através de uma rede de fibra ótica subterrânea que contorna toda cidade.

Responsável pela participação do município no programa, o Gestor de Convênios da Prefeitura de Pádua Claudiomar Guimarães explicou que o programa Internet Para Todos ampliará a cobertura de banda larga no Brasil, levando acesso diretamente a população atualmente desatendida, utilizando-se do Programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac).

Claudiomar também adiantou que na primeira fase serão atendida as localidades de Paraoquena, Mangueirão, Salgueiro, Baltazar e o Bairro Chalé.

O Gesac oferece conexão à internet em banda larga por vias terrestre e satelital a telecentros, escolas, hospitais, postos de saúde, entre outras.

 

Liberação de Auxílio Financeiro aos Municípios


Na ocasião, O Presidente Michel Temer assinou do termo de Liberação do Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM).

O AFM é resultado do ato denominado “Não Deixem os Municípios Afundarem”, realizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). A campanha foi realizada em novembro, em Brasília, contou com a participação e união de milhares de prefeitos e tinha como finalidade pedir ao Governo Federal ajuda financeira aos Municípios, no valor de R$ 2 bilhões.

 

Mauro Teixeira - Ascom Pádua